Afinal, que rolê é esse da essencelab?



No final de 2018, eu e a Karina resolvemos montar a essencelab. Trabalhávamos juntas em uma consultoria de treinamento e desenvolvimento. Começamos a trocar projetos, consultores começam a nos procurar e vimos que tinha algo ali. Já tínhamos valores e sonhos em comum.

Entre conversas intermináveis para criar a nossa estratégia, o nome da empresa e a parte burocrática, a essencelab, enfim, nasceu em março de 2019.

Mas até hoje quando vamos contar para as pessoas o que fazemos, engasgamos. Afinal, NÓS NÃO SOMOS UMA CONSULTORIA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO. E por que não?

Ora, o que você imagina quando pensa em uma Consultoria de Treinamento e Desenvolvimento? Nós, que trabalhávamos dentro de uma, já imaginamos consultores de terno, sapatênis, aulas de 8, 16 horas, discurso de mensuração de resultado que se resume a uma avaliação de reação, encontros muitos legais que são engavetados na próxima segunda-feira. É claro que isso é um estereótipo, uma generalização, mas a gente realmente sente que esse universo andava muito careta e que no fim do dia, trazia pouco resultado.

Nós estudamos, trabalhamos com aprendizagem de adultos para que as pessoas possam desenvolver novas competências, aprender novos comportamentos e habilidades para se relacionar e trabalhar melhor.

E, sobretudo, acreditamos que isso acontece através de EXPERIÊNCIAS DE APRENDIZAGEM. A gente acredita que podemos aprender e aprendemos o tempo todo, que uma série na Netflix pode trazer mais insights que uma aula tradicional. Que aprendizado se dá de forma constante e através de relações e que ninguém muda comportamento do dia para a noite. E ele acontece melhor quando o conteúdo conversa com a nossa realidade, que aprender pode — E DEVE — ser divertido.

Então, se estamos falando sobre aprendizagem, por que não nos chamamos de ESCOLA? Escola vem do latim schola, do grego scholé. Para os gregos, esse termo estava relacionado à ideia de recreação, entretenimento e interesse individual. Ora, então é isso. Somos uma escola? Poderíamos nos chamar assim se não fosse o modelo mental que quase todos nós temos do termo. A escola, tal como conhecemos hoje, é a escola que nasceu no século XIX, durante a revolução industrial, que transpôs à sala de aula a linha de montagem de produtos. Por isso todos se sentam em fileiras, tem um professor na frente como representação de fonte única do saber, a lógica do certo e errado, tudo ao contrário do que acreditamos e fazemos.

Talvez, o que melhor se encaixe, seja uma COMUNIDADE DE APRENDIZAGEM. A essencelab é um espaço. Seja virtual ou físico, mas um espaço acolhedor. A gente cuida desse espaço, traz e pesquisa novas ferramentas, conteúdos e referências de acordo com a necessidade de cada um. Cuidamos de dar um chacoalhão e provocar para que novas ideias surjam e nesse lugar, as pessoas realmente possam trocar e aprender, se conectar a sua essência e conhecer a essência do outro.

É comunidade porque não queremos ser uma via de mão única, queremos ouvir de vocês — pessoas, empresas — e receber de vocês. Com isso, podemos criar pontes, conectar pessoas, pensar em novas possibilidades de trabalho, de vida e espalhar essa ideia. Quem sabe a gente, e você também, não conseguimos mudar o mundo, nem que seja um tiquinho só, mas, temos certeza, que já vai ter valido a pena!

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo